Loading…

NOTÍCIAS

“Territorializar”: Arquitetura e Economia

No próximo dia 25 de outubro pelas 21horas, no Altice Forum Braga, a Fundação Bracara Augusta e a Ordem dos Arquitetos, no âmbito da primeira iniciativa comum dedicada às relações entre a economia e a arquitetura, assinam um protocolo destinado a consolidar um fórum de debate contínuo sobre o território.

Na base da criação do presente protocolo pretende-se que a Ordem dos Arquitetos, Secção Regional do Norte, prossiga o seu fórum de debate interno, desta vez incluindo reuniões regulares com a Fundação Bracara Augusta. A atualidade da arquitetura, urbanismo e território, especificamente no quadro das preocupações futuras no âmbito do desenvolvimento sustentável, com o intuito de desenvolver novos projetos e ideias de interesse comum.

O “Territorializar”, tema da primeira iniciativa, pretende estimular um debate sobre a importância do tema do território nas politicas públicas, designamente, a agenda que importa ao exercício da arquitetura e desenvolvimento das cidades. Pretende-se futuramente incluir os temas do património e da reabilitação urbana; da relação entre a cultura e património; e estabelecer os desígnios para um futuro sustentável. Pretende-se estimular o debate aberto à sociedade assente num dialogo franco e participado entre arquitetos e outros atores envolvendo as universidades, as associações e as instituições públicas e privadas.

Para o Presidente da FBA, Miguel Bandeira “o diálogo entre as associações, as ordens profissionais, as universidades, e a comunidade, sendo um desígnio da Fundação Bracara Augusta, é essencial para o enriquecimento e o fundamento do debate público”.

Nesta primeira iniciativa, prevista para dia 25 de outubro, pretende-se discutir a arquitetura e a relação com a economia, num debate que passará certamente pela identificação dos desafios e as linhas de intervenção do quadro comunitário; particularmente, face aos investimentos plasmados no PRR e ao impacto esperado no território das políticas públicas.

A organização da Fundação Bracara Augusta conjunta com a Ordem dos Arquitetos conta com o apoio e a participação da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho; da Escola de Arquitetura Arte e Design da Universidade do Minho; e, da InvestBraga, Empresa Municipal.

A abertura da sessão está a cargo de Conceição Melo, Presidente da Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitetos e de Miguel Bandeira pela Fundação Bracara Augusta, a quem compete a moderação do debate. O painel conta com a presença de Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga; António Cunha, Presidente da CCDR-N; Gonçalo Bryne, Presidente da Ordem dos Arquitetos; e, de Paulo Cruz, Presidente da Escola de Arquitetura, Arte e Design da Universidade do Minho. O encerramento caberá a Cláudia Simões, Presidente da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho

Sessão de abertura: 
Conceição Melo (Presidente da SRN OA) e Miguel Bandeira (Presidente do Conselho de Administração da Fundação Bracara Augusta)

Ricardo Rio - Presidente da CM Braga
António Cunha - Presidente da CCDR-N

Gonçalo Byrne - Presidente da Ordem dos Arquitetos

Paulo Cruz - Presidente da Escola de Arquitetura, Arte e Design da Universidade do Minho (EAAD)

Moderação: Miguel Bandeira - Fundação Bracara Augusta

Encerramento: Cláudia Simões, Presidente da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho

O evento é gratuito mas sujeito a confirmação para fba@cm-braga.pt