Loading…

NOTÍCIAS

Tecnologia será chave para aproximar Braga a Yazd

As potencialidades trazidas pela tecnologia desenvolvida em Braga poderão ser a chave para a aproximação do ecossistema empresarial de Braga ao da região de Yazd, no Irão. A indicação foi deixada por Morteza Damanpak Jami, embaixador da República Islâmica do Irão em Portugal, durante o Webinar promovido pela InvestBraga esta terça-feira, 13 de abril.

Numa sessão que serviu para conhecer a região de Yazd, Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga e da InvestBraga, sublinhou que “há muitas oportunidades para ligar Portugal ao Irão através do estabelecimento de pontes que possam facilitar as relações comerciais entre as empresas bracarenses e as de Yazd”. “O Município e a InvestBraga estão comprometidas no apoio à internacionalização das empresas do concelho, sendo importante o desenvolvimento deste tipo de dinâmicas que pretendem aproximar empresários a instituições de referência”, destacou ainda.

Já Morteza Damanpak Jami, representante da República Islâmica do Irão em Portugal, destacou o facto do Irão ter um ecossistema empreendedor forte e aberto para o mundo. “Temos apostado no desenvolvimento de uma indústria de startups consistente, desafiando os empreendedores a internacionalizar-se, quer através da angariação de clientes internacionais, quer através do acesso a programas como o Startup Visa”, disse ainda.

A respeito do programa Startup Visa, Luís Rodrigues, diretor da Startup Braga, realçou o facto do hub de inovação ser uma das incubadoras certificadas para acolher projetos de empreendedores internacionais, tendo recebido nos últimos meses cerca de 74 pedidos de incubação, 15 dos quais provenientes do Irão.

Por sua vez, o Presidente da Câmara de Comércio e Indústrias de Yazd, Mohammad Reza Gomi, desafiou a cidade de Braga a firmar um memorando de entendimento que permita aproximar as duas cidades.

O webinar contou ainda com a participação de Carlos Silva, administrador executivo da InvestBraga, Nader Haghighi, presidente do Portugal-Iran Business Council, assim como com José Carlos Pereira, International Business Developer, a quem coube apontar as vantagens em fixar empresas no Irão, e Paulo Vigário, da Mota Ceramic Solutions, SA., uma empresa que nos últimos doze anos tem vindo a aumentar as suas relações comerciais neste mercado e que apresentou os desafios para as empresas portuguesas que cheguem ao mercado iraniano.


Reveja o Webinar